-Posts Recentes

- Classe docente

- Critério é o que serve pa...

- Escola Secundária Antero ...

- Exmo. Sr. Presidente do S...

- É PARVO OU QUER SE FAZER ...

- A propósito da supina ava...

- Ao Director da RTP

- Açores, 15/19 de Setembro...

- Sejamos dignos da luta do...

- Simplicidade

-Arquivos

- Fevereiro 2009

- Janeiro 2009

- Dezembro 2008

- Novembro 2008

- Outubro 2008

- Setembro 2008

- Novembro 2007

- Outubro 2007

- Setembro 2007

- Agosto 2007

- Julho 2007

Domingo, 2 de Novembro de 2008
É PARVO OU QUER SE FAZER PASSAR POR PARVO?

 "Governo não percebe razões de protesto

11h37m

O secretário de Estado da Educação, Valter Lemos, garantiu sexta-feira que o Ministério está a cumprir o memorando que assinou com os sindicatos e que não vê razões para os professores se manifestarem.

"Estamos a seguir religiosamente o memorando de entendimento que assinamos com todos os sindicatos", afirmou Valter Lemos à Lusa, acrescentando que pode acontecer que "alguns sindicatos tenham mudado de opinião".

O secretário de Estado da Educação falava em Baião, onde presidiu à inauguração de um centro escolar com 12 salas que tem a particularidade de incluir uma unidade especializada para alunos autistas, com capacidade para oito crianças. Valter Lemos explicou que o acordo com os sindicatos, assinado em Abril, previa um regime simplificado para os professores contratados que foi cumprido.

No âmbito desse acordo e relativamente ao presente ano lectivo ficou decidido "que a avaliação deste modelo seria feita apenas no final do ano lectivo e que eu saiba estamos no início do ano e não no fim". O secretário de Estado insistiu "que a avaliação é um direito do professor", que sabe que a lei determina "que quem não for avaliado não poderá progredir na carreira"." (Informações SAPO Internet)

Olhem o ingénuo! A querer salvar-se das abencerragens que tem vindo a congeminar e tentar impor, o energúmeno abraça-se agora à tábua de salvação dos "sindicatos" que de longa data tem usado contra o país e contra os professores. Valter Lemos não é ingénuo nem muito menos deve merecer qualquer compaixão política.

É um pilha galinhas ao serviço de quem lhe paga muito bem o trabalho de sapa contra a escola pública, é certo, mas não só, pois também é contra o respeito pela pessoa de cada um no sistema de ensino em Portugal que ele actua. A escola, para Lemos, é mais uma central de provetas à maneira do "Admirável Mundo Novo" de Aldous Huxley, e onde o autor,
em 1931, ironicamente retratou os Valter Lemos do futuro!

É denunciar o bandido! É correr com ele de todos os interstícios onde ele se pretenda multiplicadamente esquivar!

                                                                                                                                                         



 

Publicado Por prospectarperspectivar às 19:25
Link do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
|
-Mais Sobre Mim
-Pesquisar Neste Blog
 
-Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
-Links
blogs SAPO
-subscrever feeds